“Música de Chuteiras”

0
879

Foto:

“Música de Chuteiras”

No embalo da Copa do Mundo no Brasil, o Sesc Pompeia promove a exposição multimídia em cartaz até 13 de julho.

A mostra reúne grandes coleções de músicas de futebol do Brasil de dois colecionadores: o radialista Beto Xavier e Francisco Antônio Neto. A idealização da exposição é do jornalista e escritor Marcelo Duarte. Entre LPs e CDs que ganhou e comprou, Marcelo reuniu esse acervo musical com as músicas oficiais das Copas. “Meu acervo não se compara ao deles. E acho que o Sesc Pompeia é a unidade mais musical da rede, é o lugar ideal para esta exposição!” O projeto cenográfico é de autoria do arquiteto Álvaro Razuk, que fez o projeto recente da mostra Genesis, do fotógrafo Sebastião Salgado, no Sesc Belenzinho.Os mais vividos vão reconhecer as músicas como A Taça do Mundo é Nossa/Com brasileiro não há quem possa que foi criada por ocasião do primeiro título mundial do Brasil, na Suécia, em 1958. Outros temas estarão à disposição dos visitantes.

“Sempre que um país recebe a Copa do Mundo, as cidades sedes preparam atrações culturais para entreter os turistas nos dias em que não há jogos”, explica Marcelo. “Usar as músicas foi a maneira original que encontrei para contar a história”. 

Tem material do gaúcho Beto Xavier, que se tornou referência quando o assunto é música de Copa do Mundo e autor do livro Futebol no País do Mundo, a mais completa obra do gênero no Brasil, e do piauiense Francisco Antônio Neto, que se inspirou em Beto para formar sua coleção de discos.

São quatro mesas interativas, quatro cabines, sendo duas delas interativas e duas instalações sonoras, cobrindo desde a Copa de 1938, na França. O visitante pode escutar depoimentos de compositores e intérpretes, selecionar e construir as próprias músicas, além de conhecer letras e histórias e narrar gols marcantes das Copas conquistadas pelo Brasil. Os 32 países que estarão no Brasil também têm seus hinos nacionais à disposição, com música e letra, além de estatística sobre as 19 edições anteriores.

O público terá a oportunidade de assistir a entrevistas, de aproximadamente sete minutos de duração, com vários personagens, como a cantora Elza Soares, o músico Wilson Simoninha e seu pai, Wilson Simonal. Os publicitários Celso Loducca e Washington Olivetto contam sobre as campanhas publicitárias das Copas do Mundo que participaram. 

Coleção de capas de LPs, CDs e encartes completam a mostra. A entrada é franca e recomendado para todas as idades. 

COMPARTILHE
Artigo anteriorO primeiro|chute
Próximo artigoPlanet Makí

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA