Adeus à Vida Alves, pioneira da TV brasileira

0
1601

Foto: Arquivo/Nikolas Antonzeczem

Arquivo/Nikolas Antonzeczem
Vida Alves no Museu da TV que ela criou

A atriz que protagonizou o primeiro beijo na TV brasileira, Vida Alves, com 88 anos, morreu dia 3 de janeiro por falência múltipla dos órgãos. Mineira de Itanhandu, Vida Amélia Guedes Alves, começou sua carreira no rádio e logo depois foi contratada pela extinta TV Tupi. Atuou no teatro e cinema, escreveu roteiros e livros, dirigiu e teve programa de TV, foi palestrante. Em 1995 criou o Museu da TV e a Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira, com a finalidade de preservar a memória. Morava  na Rua Vargem do Cedro há décadas.  Em 1951, contracenou com o ator Walter Forster o primeiro beijo da TV brasileira na telenovela “Sua Vida Me Pertence”, na TV Tupi. Anualmente, em setembro, promovia um evento que reunia os pioneiros da TV. Em 2013, Nelson Natalino escreveu a biografia da atriz: “Vida Alves; Sem Medo de Viver” (Imprensa Oficial). Em 2014 Vida lançou o livro “Televisão Brasileira: O Primeiro Beijo e Outras Curiosidades”, onde relata as cenas dos beijos e  o início da televisão no país. Vida foi enterrada no Cemitério do Araçá, em São Paulo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA