A saúde do homem

0
271

Foto: Divulgação

Divulgação
Urologista Dr. Julio Bissoli, da Clínica Lividi

Os homens, felizmente, estão mais atentos e estão indo ao médico com mais frequência, afirma médico urologista.

“É recomendável que os homens a partir dos 40 anos façam um check-up a cada dois anos e a partir dos 50 anos, o check-up deve ser anual. Mas os pacientes com parentes com diagnóstico de doenças cardíacas e urológicas, precisam fazer exames anuais.”, diz o Dr. Julio Bissoli, urologista da Clínica Lividi, de Perdizes.

O check-up com o urologista é mais amplo do que um leigo imagina. Explica o médico, formado em 2000 e com especialização no exterior. “Assim como o cardiologista, o urologista leva em conta a saúde do indivíduo como um todo e não se limita ao check-up da próstata. É feita a análise da  alimentação, infertilidade e quando encontra um problema, que não é da área da urologia, o paciente é encaminhado para um especialista. A ideia é orientar o paciente de como viver mais e melhor!”

1807-Dr.Julio Bissoli-urologista-FB1

O Dr. Julio, também atende problemas de disfunção miccional, que acomete crianças e adultos e gera perdas urinárias diurnas e noturnas. Sobre a vasectomia, “a esterilização voluntária no homem onde o cirurgião, com anestesia local e que até permite a alta no mesmo dia, se faz dois pequenos cortes na bolsa escrotal para interromper o transporte do espermatozoide até a próstata”. E lembra “que é preciso combater o mito que o homem vasectomizado é menos viril. A vasectomia não interfere em nada na potência sexual do homem! O que há de verdade é que um, em cada 2 mil procedimentos cirúrgicos, o canal pode se religar naturalmente e levar o sêmem até a próstata. Um exame de espermograma, feito após o procedimento, confirma ou não o resultado da vasectomia”.

Os medicamentos como Viagra e seus similares, lembra Dr. Julio, “são as drogas mais vendidas no mundo! E devem ser usados só com orientação médica”, lembra. “Funciona para todos, até para aqueles que não precisam, como alguns adolescentes e jovens que usam a pílula por questões de insegurança. Questiono como esses medicamentos são vendidos tão facilmente?”, diz.

Clínica Lividi
Clínica Lividi (Divulgação)

A Clínica Lividi é uma policlínica e conta com especialistas em dermatologia, endocrinologia, cardiologia, endocrinologia e outras áreas da saúde. (GA)

Clínica Lividi/Dr. Julio Bissoli, Rua Cayowaa, 1.071, cj. 161, Perdizes, Telefones 3803-7651 e 99868-2449 (WhatsApp), www.clinicalividi.com.br,
www.urologistajuliobissoli.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA