Conhece a ti mesmo

0
109

Foto: Lucia Oliveira

Lucia Oliveira
Fernando Porto, psicanalista junguiano, em seu consultório da Pompeia.

Segundo o psicanalista junguiano Fernando Porto Fernandes, este é o primeiro mandamento para afastar problemas como ansiedade e depressão.

Não tem cena mais comum hoje em dia do que ver pessoas andando na rua e até dirigindo enquanto falam ou digitam no celular. Esse é o retrato de uma geração ‘plugada’, que vive sob o estresse de ter de dar respostas imediatas até mesmo para aquela foto sem graça que o colega postou no grupo do whatsapp. “Quem demora mais de um minuto para responder a uma mensagem, já é cobrado e esse imediatismo gerado pelo avanço da tecnologia é, hoje, uma das principais causas de ansiedade”, lembra o psicanalista Fernando Porto Fernandes.

Adepto da corrente junguiana, Porto explica que a psicanálise pode ajudar a controlar os chamados ‘males da vida moderna’, como estresse, ansiedade e depressão. O segredo, segundo ele, é trabalhar usando técnicas que auxiliem as pessoas a alcançar o autoconhecimento, para que elas aprendam a olhar para dentro de si mesmas. “Quando a gente consegue colocar para fora o nosso mundo interior, nossos medos e raivas, passamos a ter mais saúde”, afirma. “Todo mundo, hoje, busca respostas para sua maneira de agir, de encarar as outras pessoas e a si mesmo e quando não encontra, desenvolve uma frustração muito grande. Se não conseguem por para fora todo esse peso, não é só a mente que adoece, mas o corpo também, pois nosso organismo somatiza tudo”, ressalta Porto.

Em seu consultório, localizado em um sobrado na Pompeia, o especialista aplica técnicas como meditação dirigida, que induz o cliente ao relaxamento para que o profissional possa ajudá-lo a trazer à tona elementos importantes para o seu autoconhecimento. Outro método muito usado por Porto é a imaginação ativa. Nesse caso, o paciente é estimulado a refletir de que forma os familiares e pessoas do seu círculo profissional ou de amigos responderiam a determinadas situações colocadas por ele. “Fazer esse tipo de reflexão normalmente ajuda a separar a realidade da fantasia e, assim, o cliente se situa melhor”, diz.

Além desse tipo de metodologia, Porto trabalha com arteterapia e, até, discussões baseadas em filmes. Mas o carro-chefe entre as técnicas utilizadas por ele é a interpretação dos sonhos. “Tudo isso traz elementos importantes para podermos ajudar os clientes a enxergar com mais clareza fatos mais profundos do seu inconsciente”, ressalta. (LO)

Fernando Porto Fernandes, Psicanalista Junguiano, Rua Dr. Miranda de Azevedo, 471, Pompeia, Telefone/WhatsApp 99902-3465

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA