Escola Estadual Pedro II comemora 100 anos

0
630

Completar 100 anos é para poucos e para a escola estadual Dom Pedro II foi motivo de festa. A comemoração aconteceu no dia 9 de novembro.

O prédio da Pedro II é um projeto do escritório do renomado arquiteto Ramos de Azevedo (1851-1928) que projetou na cidade o Theatro Municipal entre outras construções. Pela importância histórica o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) fez o tombamento do edifício em 2010. “Pelo significado cultural, histórico e arquitetônico, aliados ao caráter inovador e modelar expresso pelo conjunto de edificações escolares públicas construídas pelo Governo do Estado de São Paulo entre 1890 e 1930”, é a justificativa para o tombamento do prédio da Escola Estadual Pedro 2º, segundo o Conpresp.

A diretora Amanda Fernandes Ribeiro (Gerson Azevedo)
A diretora Amanda Fernandes Ribeiro (Gerson Azevedo)
Amanda Fernandes Ribeiro é a diretora da escola desde julho de 2018 e é moradora da região. A escola conta com dez salas de aulas, salas de leitura e de informática, além de quadra esportiva, área de lazer e uma boa área verde na frente da escola. O prédio pede uma pintura nova para realçar a beleza da arquitetura.

São 370 alunos da 1ª à 5ª série do ciclo fundamental. Amanda comanda uma equipe com 20 professores além de professora coordenadora pedagógica e mais seis funcionários. Mas nenhum deles foi aluno da Pedro II.

Por esse colégio de Perdizes passaram milhares de alunos e alunas. Segundo pesquisa realizada pela escola, um desses alunos foi o jornalista Marcos Ucho, da Rede Globo. No dia da festa, o ex-aluno Alex Ernando Oest-Möller fez um breve discurso e lembra “que antes de entrar na sala cantávamos o Hino Nacional. Eu fui muito feliz nesta escola. E foi emocionante estar aqui nesta comemoração”, afirma o advogado que mora na região Sul.

Projeto de Ramos de Azevedo (Gerson Azevedo)
Projeto de Ramos de Azevedo (Gerson Azevedo)
A festa de centenário teve a participação do Rotary Clube Pacaembu-Bom Retiro. Segundo a diretora, “A parceria do Rotary é antiga através do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). E ampliamos essa parceria da escola com a comunidade rotariana e no evento do centenário o apoio do Rotary foi muito importante”.

“A educação é o pilar da sociedade e nesse sentido, é notório que a EE Pedro II dissemina a arte de educar, construir a cidadania e formar o ser humano. É muito significativo para o bairro e região. (Hoje) muitos dos alunos são filhos de pais que trabalham perto da escola”, lembra a diretora.

Mesa com a diretoria e convidados (Gerson Azevedo)
Mesa com a diretoria e convidados (Gerson Azevedo)
Depois dos discursos de praxe, cada classe apresentou um número musical referente a uma época da história do país e da escola com muita música brasileira e apresentações dos alunos caracterizados de sambistas, baianas, roqueiros e outros personagens referente a cada época. Pais e parentes não se cansaram de fazer as fotos e vídeos que posteriormente foram postados nas redes sociais. Afinal, não é todo dia que se comemora 100 anos de uma escola pública. (Gerson Azevedo)

Escola Estadual Dom Pedro II, R. Marta, 33, Perdizes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA