Olha o passarinho!

0
1186

Foto:

Olha o passarinho!

Até bem pouco tempo atrás, foto era artigo de luxo, mas, com a revolução das máquinas digitais, o mundo das fotos mudou radicalmente. Hoje, a rapidez e a praticidade são sinônimos para as máquinas digitais. Com isso, muita gente “faz” seus álbuns fotográficos na internet, mas muitos ainda mandam revelar fotos para presentear a família ou para colocar num porta-retrato. 
A foto digital abriu novas e infinitas possibilidades – agora é possível estampar, com sua foto preferida, uma infinidade de produtos: canecas, quebra-cabeças, bolsas, camisetas, chaveiros, calendários, aventais. Pedro Noboro Takayama, da Foto Aleska, está há 31 anos no bairro e já passou por todas as mudanças tecnológicas da fotografia. “Nós trabalhamos desde o início com equipamento de ponta e com os melhores fabricantes. Também prezo muito pelo produto final e pela qualidade dos nossos produtos”, afirma ele.
Pedro diz que logo depois das festas muita gente quer fazer fotolivros: “No fotolivro, o cliente seleciona 90 fotos e a gente monta um álbum no tamanho 15 x 21 cm. Pode ser também com 120 fotos, num formato maior, 20 x 25 cm. Usamos papel excelente, ainda podemos colocar textos, como se fosse um livro. E o preço é bem bacana”, explica Pedro. “Podemos pegar uma foto antiga, escanear e colocar no álbum também. As pessoas gostam para ter como recordação de uma viagem, uma festa de parente ou uma filha que quer dar para a mãe”, diz ele. Ele dá um prazo de dez dias para esse trabalho e quem quiser dar um de presente de Natal ainda tem tempo.
Outra loja do bairro que também trabalha com revelação de fotos é a Mago das Imagens, que também vende câmeras digitais e outros materiais para fotografia, como álbuns, porta-retratos. Outro serviço legal é a restauração de fotos rasgadas ou danificadas.
Seja para o Natal ou depois das festas, pegue seu pen drive, ou um CD ou mande por e-mail, mas não deixe de revelar e curtir suas fotos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA