Associação Nosso Sonho prepara jovens para a vida!

0
599

Foto: Gerson Azevedo

Gerson Azevedo
Atividade de contação de histórias para os alunos da Nosso Sonho.

Voltada a reabilitação de jovens com paralisia cerebral e inserção no mercado de trabalho, a Associação Nosso Sonho está em Perdizes desde 2007.

Suely Katz teve um filho que nasceu com paralisia cerebral e morreu aos 24 anos. “Quando ele morreu, meu mundo acabou. Tenho outros três filhos, mas foi difícil viver sem meu filho. Meu casamento também acabou”. Anos depois, Suely reencontrou Eduardo Jorge Guzovsky, amigo de adolescência. A amizade resultou em um casamento.

“Quando o Eduardo me perguntou qual era o meu sonho na vida, disse que queria criar uma instituição para ajudar jovens com paralisia cerebral e suas famílias carentes. Eu sempre acreditei na reabilitação dessas crianças. Eduardo me disse que o meu sonho era o sonho dele e por esse motivo demos o nome de Associação Nosso Sonho”.

Eduardo Guzovsky e Suely Katz, diretores da Associação Nosso Sonho. (Divulgação)
Eduardo Guzovsky e Suely Katz, diretores da Associação Nosso Sonho. (Divulgação)
A Nosso Sonho tem como missão reabilitar e incluir esses jovens na sociedade. “A paralisia cerebral é um acometimento neuromotor, que tem níveis diferentes em cada pessoa. Ela impede que a criança possa se movimentar e afeta a fala e a coordenação, mas a inteligência é preservada na maioria dos casos”, explica Suely.

A ONG atende 40 jovens por dia. Vinte em cada período. Aqui eles desenvolvem seu potencial cognitivo através da alfabetização, arte terapia, oficinas ocupacionais e projetos de inclusão no mercado de trabalho. A clínica tem atendimento em fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacionais.

A comunicação alternativa é o método utilizado no aprendizado. Ela acontece através de símbolos que são apresentadas aos jovens em uma prancha, um tablet ou na tela de um celular por meio de programas específicos. A equipe multidisciplinar desenvolve um programa específico para cada jovem e suas famílias.

Aulas de arteterapia (Divulgação)
Aulas de arteterapia (Divulgação)
A revista Bem Vindo A.Nó.S, é um exemplo do método. A edição é feita inteiramente por um grupo de alunos da Nosso Sonho. “Respeitamos o tempo deles, mas tudo, desde a pauta, as entrevistas, o texto, a revisão e todos os detalhes são feitos por eles. Nós apenas fazemos a orientação”, explica a gerente geral.

Para manter esta estrutura Suely conta que a ONG se mantêm através de doação financeira de empresas e pessoas físicas. O crédito das notas fiscais é outra fonte de recursos. E qualquer pessoa pode ajudar a Nosso Sonho. Acesse o site e saiba como.

Nos próximos dias 30 e 31 de março, a Nosso Sonho promoverá um bazar. Nesta edição serão vendidos sapatos e bolsas doadas por empresas e além de produtos feitos pelos alunos como jogos americanos, cartões exclusivos entre outros. E neste ano, Suely informa que “a cada 100 reais em compras no bazar, o visitante ganha um panetone. É uma forma de conhecer nosso trabalho e ajudar a nossa associação”. (GA)

Associação Nosso Sonho, Rua Minerva, 265, Perdizes, Telefone 3564-0555 e 96861-5632 (Whats), www.nossosonho.org.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA