Para conhecer os peixes

0
811

Kelly Monteiro
Nem sempre é possível viajar durante as férias de janeiro. Se você ficou em São Paulo, aproveite as opções que a cidade oferece. Um passeio educativo e divertido para quem mora em Perdizes, Pompéia ou na região é visitar o Aquário Água Branca, uma das atrações do Parque Dr. Fernando Costa, o Parque da Água Branca.
Inaugurado em 1930, o Aquário do Instituto de Pesca, é o mais antigo do Estado de São Paulo e o segundo mais antigo do Brasil. Reaberto ao público em 2005 depois de uma reforma que restaurou a estrutura original do prédio e ampliou as áreas de exposição, o Aquário apresenta as principais espécies de peixes de bacias hidrográficas paulistas e de outras regiões brasileiras.
Segundo Estevar Lourenço Pinto, membro da comissão de gerenciamento do Aquário, a intenção foi criar um nicho educacional e de preservação dos peixes. “São 26 aquários onde temos Tilápia, Carpas, Bagre Africano, Piracanjuba, entre outros. Além de educar, a nossa intenção é classificar os peixes por bacias e ter inclusive espécies em extinção”. São verdadeiros ambientes aquáticos, por meio dos quais os visitantes poderão conhecer um pouco mais sobre biologia aquática, pesca, aqüicultura e aproveitamento sustentável dos recursos vivos. Estevar lembra que é preciso preservar este patrimônio que tem quase cem anos. “A cidade foi crescendo, o Instituto de Pesca progrediu e na década de 1960 o Aquário foi fechado para o público, sendo usado somente para pesquisa. Com o tombamento do Parque, em 1998, pelo então governador Mário Covas e através da Sociedade Amigos do Parque, foi restaurada a área 31, que é o Aquário Água Branca”, acrescenta.
Com área de 136.765m² e muito verde, o Parque da Água Branca é uma excelente opção para quem procura lazer e atividades culturais. Entre outras atrações, o parque dispõe de um espaço zootécnico, no qual crianças e adultos se divertem e conhecem de perto animais como ovelhas, marrecos, mini-vacas e pôneis.
O Aquário Água Branca fica aberto ao público diariamente, das 9 às 17h. O ingresso custa apenas 2 reais e crianças com menos de cinco anos não pagam. Visitas escolares devem ser agendadas com antecedência. Aproveite as férias para conhecer mais sobre os nossos peixes e divirta-se.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA