Uma casa de literatura e das artes

0
4882
Gerson Azevedo

Sobrado depois de uma reforma dá vida a espaço voltado para a literatura, educação e outras artes.

Os criadores do espaço A Casa Tombada são os educadores Giuliano Tierno e Ângela Castelo Branco. O casal tem um currículo calcado em trabalhos realizados no Centro Cultural São Paulo e Instituto Tomie Othake. Giuliano é pesquisador e contador de histórias, enquanto Ângela é autora de livros como o “Epidermias” e “É Vermelho o Início da Arte”.

O nome A Casa Tombada foi dado por conta do imóvel, com 300 m2 e mais de 120 anos de idade, ser tombado pelo Condephaat (órgão estadual encarregado em preservar o patrimônio).

A Casa Tombada-GA(4)
Espaço voltado para a literatura.

“A Casa tem por finalidade ser um espaço de discussão, estudos e receber todos os tipos de artes de uma maneira mais afetuosa”, explica Ângela. A casa, inaugurada em julho de 2015, conta com diversas salas, biblioteca e a sala de visitas da residência recebe as apresentações poéticas e musicais.

Sem contar com patrocínios ou convênios públicos, a casa se mantém graças a uma variada programação de cursos livres e de extensão, duas pós-graduações, em parceria com a Faculdade de Conchas (Facon), além de grupos de estudo e atrações culturais. “Sim, corremos riscos. O primeiro é o financeiro, mas estamos correndo o ‘melhor’ dos riscos, o de encontrarmos afetos – colegas, amigos e simpatizantes – que procuram uma nova forma de estabelecer relações e abrir espaços de produção de sentidos”, explica Giuliano sobre o projeto.

Na agenda de cursos e eventos programados para as próximas semanas, destaque para o curso “Vida em Livro – biografias e memórias”, com Nanete Alves. Laboratório de escrita nos

A Casa Tombada-Div(1)_3
Todos as artes têm espaço.

gêneros de biografia e memória com ênfase na profissionalização do autor no mercado editorial, de 19/3 a 9/4, R$ 600. Oficina de Sumiê, com Lucia Hiratsuka, escritora e ilustradora, dia 20/2, das 9 às 17h, R$ 240. No “Sábado em Casa”, evento mensal apresenta “História de Becos”, uma noite de contação de histórias voltada para o público adulto, acontece em 27/2, às 20h, R$ 40 com direito a uma taça de vinho. A exposição de fotos de Mariana Galender está em cartaz por tempo indeterminado.

A Casa Tombada, Rua Ministro Godói, 109, Perdizes, Tel. 3675-6661, www.acasatombada.com. facebook.com/acasatombada, contato@acasatombada.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA