Fisiatria para bebês

0
2544

Especialista afirma que os pais devem ficar atentos ao desenvolvimento do bebê e recorrer ao médico, caso notem algo diferente.

Ainda pouco comum aos ouvidos leigos, a fisiatria é uma especialidade da medicina física e reabilitação que trata incapacidades individuais e atua prevenindo outros males e complicações que surgem de um mal maior, como dores, mal-estares e limitações. Por tudo isso, cuida de pessoas de todas as idades, incluindo bebês. Para a médica fisiatra Mariana C. L. de Carvalho, da Integrata, “é muito comum receber bebês e crianças em consultório para consultas de orientação de estímulo ao desenvolvimento, até tratamento de síndromes e múltiplas deficiências. Também são comuns crianças que se desenvolveram normalmente e na fase de estirão sentem dores, ficam com postura ruim na coluna ou simplesmente querem uma avaliação para a escolha ideal de atividade esportiva”, declara.

dr mariana integrata16-DPP-MAR-TGEla afirma que os pais devem ficar sempre atentos ao desenvolvimento do bebê e recorrer ao médico assim que acharem ser necessário. “Os pais devem observar o desenvolvimento do bebê esperado para cada fase. Sempre que o ele tiver diagnóstico de doença congênita ou adquirida que envolva o sistema neurológico e/ou musculoesquelético como predomínio, ou mesmo quando os pais suspeitarem de atraso no desenvolvimento, alterações de comportamento (como choro sem motivo aparente) e evidência de alterações motora e/ou sensorial, eles devem consultar o médico. Essas alterações podem ou não vir associadas a outras deficiências, como a visual, auditiva, cognitiva e de sociabilidade, por exemplo”, relata a dra. Mariana.

Entre os principais sinais de problemas em bebês estão: o atraso no desenvolvimento neuropsicomotor infantil (demorar em sustentar o pescoço, não andar ou andar de uma forma diferente, demorar a falar, não conseguir realizar tarefas como escrever, comer sozinho usando talheres, não se socializar ou não conseguir sair das fraldas), além de pé “chato”, andar na ponta dos pés, dores nas articulações, quedas frequentes, má postura da coluna, engasgos durante a alimentação, fala de difícil entendimento e perda de musculatura, entre outros.

Em centros de reabilitação, os pais precisam de um encaminhamento médico para consultar um fisiatra, mas nos consultórios particulares, os pais podem procurar espontaneamente esse especialista. (ND)

Dra. Mariana C. L. de Carvalho

Integrata – Centro de Referência em Saúde

Praça Tomás Morus, 81, 9º andar, Perdizes

Telefone 4563-3263

www.integratasaude.com.br

Fotos: Tiago Gonçalves

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA