Feira de Artes da Vila Pompeia vem aí em clima de “paz e amor”

0
7548

Foto: Gerson Azevedo

Gerson Azevedo
Cléber (ao centro) e a equipe do CCVP (foto/Gerson Azevedo)

A 29ª edição da Feira de Artes da Vila Pompeia acontece no dia 15 de maio e terá como tema “Faça amor, não faça guerra”.

Tradicional evento do bairro da Pompeia, a Feira de Artes da Vila Pompeia foi criada por Cléber Falcão, agitador cultural e presidente do Centro Cultural da Vila Pompeia (CCVP). “O tema de 2016 eu tinha decidido em outubro do ano passado, por conta da situação de intolerância que passa o país. A proposta é para que as pessoas possam se conscientizar contra a violência humana: contra mulheres, crianças, homofobia, racismo, política. É uma proposta de confraternização e festa na Vila Pompeia”, diz Cléber.

Como nos anos anteriores, a Feira da Pompeia, reúne música, arte, artesanato, gastronomia, atividades para crianças, literatura pelas ruas do bairro. Na edição de 2015, segundo os organizadores, a estimativa de público superou 40 mil pessoas que circularam pelo evento.

Feira de Artes: diversão para todos (Foto/Arquivo)
Feira de Artes: diversão para todos (Foto/Arquivo)

Apesar das dificuldades em obter apoio e patrocínios, “que atribuo à crise econômica pela qual o país passa, teremos muita música e diversão para quem vier à feira”, garante Cléber, que também é o criador de outro evento no bairro, o Jazz na Pompeia.

A Feira de Artes da Vila Pompeia acontece no domingo, 15 de maio, das 9 às 19h. As ruas Ministro Ferreira Alves, Tucuna, Caraíbas, Xerentes, Maringá e Padre Chico estarão fechadas exclusivamente para a circulação dos visitantes. Os palcos de música também estão confirmados: Rock, Atitutes, Raízes, Boulevard, Mundo Tribal, que apresentarão rock’n’roll, pop, reggae, blues, hip hop, samba, forró e outros estilos musicais. O palco Vivências é dedicado a poesia, danças e teatro. A programação ainda não havia sido fechada até o encerramento desta edição do GDPP.

Traçando uma linha de tempo, a Feira da Pompeia teve, em edições anteriores, artistas e bandas que estavam começando a carreira. Cléber diz “cantores e artistas como Chico César, Mamonas Assassinas, que na época se apresentavam como banda Utopia, Osvaldinho do Acordeon, Luiz Carlini, Lobão, Vanessa da Matta, Daúde e muito mais”.

Outra atração do evento é o grande número de expositores, que, como nos anos anteriores, estarão expondo seus trabalhos. Artesanato dos mais variados estilos, moda, gastronomia com barracas e cerca de 30 food trucks que já reservaram seu espaço no evento.

Ainda há espaços disponíveis para locação e os interessados devem procurar o Centro Cultural da Vila Pompeia para maiores informações pelos telefones 3875-2996 e 3564-7577 ou pelo email atendimento@centroculturalpompeia.org.br.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA