Boteco do Plínio: do mar e do do rio para a mesa

0
531

Foto: Divulgação

Divulgação
Boteco do Plínio: pescados são destaques do cardápio!

O Boteco do Plínio é especializado em pescados do mar ou de rios de águas doces, diretamente do Pantanal ou da Amazônia para a mesa.

A pescaria é a paixão do empresário Paulo Plínio Nani desde a infância. “Aprendi a pescar com meu pai no rio Juqueri. Ainda criança, apanhava uma varinha e ficava na beira do rio ‘pescando’, sem linha ou anzol, imitando o meu pai. A partir de 1985 passei a pescar no Pantanal e na Amazônia. E vou algumas vezes por ano, sempre que posso”, conta.

peixe - CópiaPlínio começou em restaurante em 1980. “Comprei um pequeno bar na Casa Verde para um tio querido e acabei assumindo o negócio anos depois. Optei pelos peixes e a região não tinha nenhum restaurante nesta especialidade.  Demorou um pouco mas acabamos virando uma referência na zona Norte em pescados”, conta o empresário.

Anos depois, em busca de uma vida mais tranquila, decidiu vender o restaurante. “Achei que iria me aposentar e ficaria apenas pescando. Pesquei muitas vezes, mas meses depois, decidi voltar ao negócio e abri o Boteco do Plínio, em outra região da cidade, “mas não correu tudo como eu queria e busquei um novo espaço e em março inauguramos aqui na Avenida Antártica. Retomei o prazer de tocar o restaurante com os meus sócios”.

peixe 2 - CópiaPara atender ao consumo de pescados, Plínio abastece sua cozinha com pescados do entreposto da Ceagesp, na Vila Leopoldina. “Consigo os melhores pescados com os meus fornecedores, mas quando vou pescar, principalmente no Pantanal, trago os peixes que pesco para o restaurante – tudo dentro da lei, com nota e tudo mais”, garante Plinio que “não é conversa de pescador!”.

No cardápio do Boteco do Plinio tem  sempre à disposição, peixes de rios de água doce ou do mar. O empresário-pescador sugere entre outros pratos: pacu, filhote, tambaqui, tucunaré, pintado, dourado, aruanã (o preferido do Plínio) entre os mais saborosos. Camarão, salmão, frutos do mar são os destaques vindos do mar. Risotos e combinados assim como isca de jacaré e rã fazem parte do cardápio.

De segunda a terça, o restaurante têm opções de almoço executivo com sugestões de pescados e filés, aves e sanduíches, para aqueles que não são muito fãs de pescados ou querem variar o prato. Uma sugestão de entrada do Plínio é o rabo de saia (bolinho de traíra frito com parmesão e espinafre, cheiro verde e pimenta). Uma cerveja ou chope gelado é a combinação perfeita. (GA)

Boteco do Plínio, Av. Antártica, 457, Água Branca, Telefone 3294-9976, www.botecodoplinio.com.brwww.facebook.com/Boteco-do-Plinio

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA