Para um verão sem alergias

0
133

Foto: Divulgação

Divulgação
Dr. Octavio Grecco, da Clínica Imabe

Calor combina com diversão e relax, mas nessa época as picadas de insetos e a ingestão de comidas que não fazem parte do nosso cardápio diário podem causar infecções e dermatites, acabando com a curtição. O melhor remédio? Prevenir-se!

Quem é que não gosta de aproveitar as férias de verão para conhecer uma praia nova ou um lugar diferente no campo, tomar banho de cachoeira e experimentar aqueles ‘tira-gostos’ das barraquinhas na beira da praia? Delícia, né? Mas antes de sair por aí andando no meio das plantas, tomar caipirinha no sol e deixar cair aquela rodelinha de limão na pele ou se entupir de camarão, tome cuidado! Você pode terminar suas férias ‘de molho’ em casa. “Normalmente nesta época do ano tomamos contato com situações que fogem da nossa rotina e ingerimos frutas, peixes e frutos do mar em quantidade maior do que estamos acostumados, o que pode provocar alergias de pele e alimentares ou fitofotodermatites, provocadas pelo contato da pele com substâncias que causam sensibilização, como frutas e plantas”, explica o alergista e imunologista clínico Dr. Octavio Grecco, diretor da Clínica Imabe, localizada em Perdizes.

Segundo ele, uma das alergias mais comuns, especialmente em crianças, são aquelas provocadas por picada de insetos e para as quais o melhor remédio é evitar ser picado passando algum tipo de repelente. “Mas é bom lembrar que, se a pessoa sua muito, é preciso reaplicar o produto mais vezes”, ressalta.

Clínica Imabe (Divulgação)
Clínica Imabe (Divulgação)
Outro tipo de alergia que ocorre na pele mas não necessariamente estimulada pela luz solar é a dermatite de contato. Segundo o médico, isso pode acontecer porque, no verão, a pessoa usa com mais frequência cosméticos, filtro solar, cremes hidratantes faciais e corporais que acabam por provocar lesões com bolinhas d’água, manchas vermelhas e prurido. Perfumes e até alguns tipos de medicamentos, como anti-inflamatórios em spray ou pomadas de antibióticos, também podem provocar reações fotoalérgicas ou de fotossensibilização. “Por isso, é importante ler com atenção a bula sempre antes de usar um cosmético ou medicamento”, lembra o médico.

Há 25 anos em Perdizes, a Clínica IMABE, fundada pelo Dr. Octavio Grecco, tem uma equipe médica formada por especialistas em alergia e imunologia clínica, clínica médica, nefrologia e reumatologia. Realiza, entre outros, testes cutâneo-alérgicos e de contato. (Lúcia Oliveira)

Clínica Imabe, Dr. Octavio Grecco (CRM 62827-SP), Rua Monte Alegre, 212 , cj 161, Perdizes, Telefones 3868-3360 / 3672-2362 e 96638-0771 (whastapp), www.clinicaimabe.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA