Abra o olho!

0
86

Foto: Divulgação

Divulgação
HCLOE tecnologia no cuidado com os olhos

Aquela coceira que incomoda e a famosa vista ‘embaçada’ quando lemos o jornal já são sinais de que nossos olhos estão precisando de um cuidado especial e de que está na hora de visitar um oftalmologista; aqui na região, o HCLOE, que faz parte de um dos maiores grupos de oftalmologia da América Latina, o Opty, acaba de inaugurar uma unidade em Perdizes com tecnologia de ponta para realização de exames, centro de diagnóstico e cirurgia.

Você tem aquela sensação de que já não está enxergando bem com seus óculos ou sente a vista cansada e embaçada? Esses são alguns sinais de que está na hora de marcar uma consulta com o oftalmologista. A boa notícia, para os moradores da Zona Oeste, é que desde agosto a região conta com uma unidade do HCLOE – Oftalmologia Especializada, um hospital de ponta na área com diversas unidades em São Paulo e mais de 30 anos de atuação, associado ao maior conglomerado de oftalmologia da América Latina, o Grupo Opty.

A nova clínica de Perdizes conta com toda infraestrutura necessária para atuar na prevenção e cuidados com a saúde ocular, oferecendo consultas com especialistas, tecnologia de ponta para realização de exames em seu centro de diagnóstico. “Nosso corpo clínico é altamente preparado em diversas subespecialidades – como retina, cirurgia refrativa, catarata, ceratocone, oftalmopediatria, glaucoma e plástica ocular. Com isso, a Unidade Perdizes tem a missão de oferecer excelência e qualidade no atendimento, aliada à inovação, arraigada já em todas as nossas unidades HCLOE”, diz o Dr. Eduardo Minelli, oftalmologista e diretor do HCLOE.

Além da unidade recém-inaugurada na Zona Oeste, o HCLOE mantém outras três na capital paulista, localizadas na região da Avenida Paulista, na Zona Leste (Tatuapé) e na Zona Sul (Morumbi), além de um centro cirúrgico com tecnologia de ponta. No total, as unidades já em funcionamento realizam, em média, 7 mil consultas, 9 mil exames e 350 cirurgias por mês.

Segundo o Dr. Lucas Vicente, também diretor e oftalmologista do HCLOE, as doenças que mais levam os brasileiros ao oftalmologista são as ametropias, ou o famoso “grau”, como a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo. Problemas relacionados à superfície ocular também são usualmente responsáveis pelas consultas. “Muitas doenças têm início silencioso, causando sintomas perceptíveis apenas em fases avançadas, podendo ser irreversíveis, como o glaucoma. Consultando o oftalmologista, é possível detectar sinais precoces que indicam tais patologias, muitas vezes sendo possível iniciar tratamento precoce, evitando a cegueira”, afirma o especialista. (Lucia Oliveira)

HCLOE, Avenida Marquês de São Vicente, 2219, 17 º andar, sala 1703, Perdizes, tel. 3124-0909, www.hcloe.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA