Pace e Bene: padaria artesanal vai além do pão!

0
297

Foto: Divulgação/Karen Caetano

Divulgação/Karen Caetano
Pace Bene: pães com fermentação natural

Pães artesanais com fermentação natural e de qualidade, a Pace e Bene também oferece pratos executivos no almoço, sanduíches especiais, bolos e um canoli delicioso.

O nome ‘pace e bene’ traduzido do italiano significa ‘paz e bem’. Era a saudação que são Francisco dizia ao encontrar as pessoas. Os sócios, Marcos Martins e Katia Murakoshi, eram bancários e desejavam ter um negócio próprio e deram à padaria essa saudação franciscana. “Como bancário não estava feliz e resolvi pedir demissão do banco. Fiz cursos, de barista e de panificação e sempre gostei de pães diferenciados e aí encontrei minha nova carreira. Assim nasceu a Pace e Bene, em novembro de 2018”, conta. E Katia seguiu o mesmo caminho, meses depois. Juntos, administram a padaria em Perdizes.

Marcos e Katia, donos da Pace e Bene (Divulgação)
Marcos e Katia, donos da Pace e Bene (Divulgação)
Escolheram Perdizes ao encontrarem o imóvel ideal. “Pesquisamos outros bairros, inclusive no Ipiranga onde moramos, mas optar por Perdizes foi a melhor, pelo potencial da região e clientes que conhecem o tipo de produtos que fabricamos. A resposta está sendo muito boa”, confirma Katia.

O ambiente é moderno com mesas coletivas, poltronas e mesas, além de uma área mais arejada. A equipe presta um atendimento atencioso e simpático.

O cardápio da padaria é bem variado, desde as baguetes e mini baguetes e pães com recheios como o de azeitonas e outros tipos que pela manhã estão na vitrine. “Temos uma produção diária e é limitada à massa que produzimos no dia. A massa com fermentação natural leva o tempo que precisar para ficar pronta. Usamos farinha nacional da melhor qualidade”, garante Marcos. Nas datas festivas como Natal a padaria produz panetones (doces e salgados).

Toast, ovo e agrião (Divulgação)
Toast, ovo e agrião (Divulgação)
O café da manhã na Pace e Bene é um dos destaques do cardápio como ovos Benedict. No almoço têm cinco opções diárias de pratos rápidos como massas, com variações de molhos, risotos e opções que variam de acordo com o dia. Pode ser dia de baião de dois ou de filé a parmegiana. No inverno, uma opção diferente de sopas e cremes acompanhadas de pães da padaria, é claro.
Torradas, sanduíches com montado na fatia de pão com presunto cru, queijo brie e damasco ou o que recheia a baguete com queijo brie, agrião e tomate seco. Há opções para veganos como coxinhas, por exemplo. Para beber, chocolates e o café expresso servido vem de um produtor da região de Garça da marca Café Alta Paulista, pode ser tomado na padaria ou levado para casa em uma das três opções à venda.

Canolli e vinho (Divulgação)
Canolli e vinho (Divulgação)
Além dos salgados não deixe de experimentar uma das opções doces como os bolos, canolis com recheios de creme e lâminas de castanha, carolinas e outros doces feitos pela confeiteira Juliana Fernandes, “que não usa pré misturas, cacau em pó, entre eles banoffe, torta de banana com doce de leite”. A padaria produz suas próprias geleias de frutas da estação.

A padaria abre de terça a sábado, das 9 às 20:30 e domingo, das 9 às 16h. (GA)

Pace e Bene Padaria Artesanal, Rua Plínio de Morais, 436, Perdizes, Telefone 2367-5777, www.facebook.com/Paceebenepadariaartesanal

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA