Cantinho multicor

0
131

Foto: Lucia Oliveira

Lucia Oliveira
Marcia, criadora do Canto das Perdizes

Com um talento especial para reunir peças de decoração, presentes e bijuterias artesanais exclusivas, a arquiteta Márcia Maia Moraes encanta os clientes com o colorido de sua loja que completa um ano em Perdizes depois de funcionar por quase duas décadas na Vila Madalena.

Quem passa pelo número 194 da Rua Apinajés, em Perdizes, é ‘saudado’ por uma simpática e alegre escultura em formato de perdiz, postada bem em frente a uma vitrine repleta de peças de artesanato que encantam pelo colorido e delicadeza do trabalho. Colocar a perdiz, símbolo do bairro, para dar as boas vindas aos clientes foi a maneira encontrada pela empresária Márcia Maia Moraes, proprietária da loja que funciona nesse endereço, de homenagear o local e seus moradores. O nome do estabelecimento – Canto das Perdizes – foi outra forma de demonstrar seu amor pela região, onde Márcia mora e trabalha.

Arquiteta por formação, a empresária se apaixonou pela diversidade única do artesanato brasileiro depois de viajar pelo interior de Minas Gerais e conhecer, in loco, o trabalho realizado por comunidades de artesãos. Desse encanto, nasceu a ideia de montar uma loja de decoração, presentes e bijuterias que oferecesse peças únicas vindas não só de Minas mas do Interior de São Paulo e do Nordeste. Em 1999, Márcia abriu a “Ôoh de Casa!”, que durante quase duas décadas funcionou na Vila Madalena, antes de mudar, em outubro do ano passado, para o novo endereço em Perdizes. “Percebi que muitos clientes da antiga loja saíam aqui de Perdizes e Pompeia para comprar na Vila Madalena e como eu também moro na região, decidi unir o útil ao agradável e trocar de endereço”, explica ela.

GDPP - outubro 2019 - Casa e Escritório - Canto das Perdizes 1Um dos pontos fortes da loja são as cortinas, suportes para vasos, bolsas e painéis decorativos tecidos em macramê, feitos pela própria Márcia, que é amante da técnica e montou um pequeno ateliê no local para atender às encomendas. Os tapetes confeccionados em tear manual ou em crochê também estão entre as peças com grande saída. Além disso, a loja tem uma enorme variedade de redes, colchas, mantas, descansos de panela e bandejas, sem contar as peças de decoração em madeira que dão um toque especial a cada cantinho da casa. Já entre as bijuterias, estão colares exclusivos feitos em cordão encerado e pedras ou sementes e gargantilhas tecidas em crochê entremeado com pequenos cristais. As bijus são criação das designers Adriana Medeiros e Marta Barcellos e da grife Design Natural, com quem Márcia tem parceria antiga. Aliás, segundo a empresária, um dos motivos do sucesso da loja são exatamente as parcerias de longa data. “Tenho ótimos fornecedores, que estão comigo desde que abri a primeira loja e que fazem um trabalho maravilhoso”, elogia. (Lúcia Oliveira)

Canto das Perdizes, Rua Apinajés, 194, Perdizes, Telefone 3871-1396, Whatsapp 94488-2401, Instagram: @canto_das_perdizes, www.cantodasperdizes.com.b

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA