Aventuras de Tico e Teco

0
1716

Em uma noite de tempestade dois irmãos contam histórias para passar o medo dos trovões. Entre elas, a história de Tico & Teco, esquilos que vão ser condecorados xerifes da natureza pelos serviços prestados ao meio ambiente. Assim começa o espetáculo “Tico & Teco”, em cartaz no Espaço Cultural Arte Güllik, na Pompéia. Este é um bom programa para fazer com seu filho durante as férias de julho.
Os esquilos resolvem fazer um show no dia da condecoração, mas Teco, com ciúmes de Tico, que vai fazer mágica, procura a bruxa Madame Mim para que ela o transforme em um feiticeiro. Porém, Teco cai em uma armadilha da bruxa, que tenta acabar com os dois esquilos e com todos os animais da floresta. O final? Ah, vale a pena ir ver!
Tico & Teco foi concebido a partir de estudos do grupo com crianças de dois a seis anos, seus principais anseios e dúvidas, suas aspirações e o que elas fazem para se divertir. Depois desta etapa foi elaborado um roteiro onde duas crianças se divertem fazendo teatro em seu quarto e, com isso, vão aprendendo noções de reciclagem, higiene pessoal, a importância da leitura, e cuidados com o meio ambiente. “Queríamos fazer para essas crianças uma peça que não fosse didática ao extremo, que levasse esses conceitos de forma leve, alegre. A proposta da nossa companhia é a de levar espetáculos com importância educacional, mas sem perder a característica fundamental que é o entretenimento. Usamos o mote da história famosa dos esquilos “Tico e Teco” para, a partir, daí criar um roteiro original onde vemos dois membros de uma família normal e parecida com a de todos que vivem um momento de soltar a imaginação e viver personagens e histórias”, diz Alexandre Darbilly, autor do texto, diretor e ator da peça. Alexandre divide o palco com a atriz Patrícia Darbilly.
Segundo ele, os temas dos espetáculos são escolhidos de acordo com a importância educacional para determinados grupos. “Como, por exemplo, quando montamos o espetáculo Amigos da Terra, que mostra os elementos recicláveis, como papel, plástico, vidro, lata, material orgânico. Queríamos falar da importância da reciclagem do lixo e levar esta preocupação e necessidade para crianças e adultos. Quando montamos clássicos brasileiros e internacionais, queremos levar a riqueza destes artistas a um público que, muitas vezes, nunca leu nenhuma de suas obras, como as já levadas à cena por nós. Hamlet e Macbeth, de Shakespeare, Amor por Anexis, de Arthur de Azevedo, O Defeito de Família, de França Jr., O Pedido de Casamento, de Anton Tcheckov, entre tantos nestes 25 anos de produções teatrais”.
Alexandre explica que Tico & Teco, assim como outros da companhia, tem feito temporadas regulares desde 2002, em vários teatros e cidades. “A reação das crianças é muito boa. Elas participam, interagem e querem sempre abraçar e tirar fotos com os personagens ao final de cada apresentação. A mensagem principal que o espetáculo leva é que, com o teatro, podemos conhecer mundo novos e aprender mais sobre o nosso mundo e a nossa sociedade, aprendendo a preservar e cuidar mais da nossa vida e do nosso mundo”.
Tico & Teco fica em cartaz até o final de outubro, no Espaço Cultural Arte Güllik, aos domingos, às 16h. É necessária a reserva de ingressos, pois a peça é ambientada dentro do quarto da personagem principal e a platéia fica acomodada como se estivesse dentro do quarto. Lotação máxima de 30 pessoas. Não perca essa aventura!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA