O amor está no ar

0
921

Dia dos Namorados, 12 de junho, chegando e os planos para essa terça-feira já devem ser iniciados. Reserva num restaurante romântico ou a escolha de um prato especial todo feito por você para um jantar em casa, uma roupa bonita e sensual… E o presente? Livros, CDs, DVDs, qualquer coisa que agrade o outro será bem-vinda, mas você já pensou num presente totalmente personalizado? Além da surpresa, o gesto vem carregado de bons sentimentos: carinho, atenção, dedicação e amor, claro, muito amor. Afinal, é um presente de quem está querendo agradar o ser amado.
Para te ajudar na escolha, conversamos com Claudia Mutinelli, da Leve E Leveza Interiores, que além de vender lindos objetos de decoração, ainda está acostumada a personalizar presentes. “O cubo é o mais simples e o que tem uma saída imensa no Dia dos Namorados”, diz ela. Na verdade o cubo é uma caixa de MDF, de 14 x 14 cm, revestida com cinco fotos – que o cliente manda ou envia por e-mail e ela vai ampliar ou recortar, geralmente em branco e preto, e vai revestir o cubo, que já foi pintado e receberá verniz fosco. Dentro é possível colocar o presente que você quiser e aqui a sugestão é infinita: bombons, trufas, uma lingerie sensual ou uma samba-canção de seda, um perfume, um short, uma echarpe, enfim, o que sua imaginação quiser mas que caiba dentro da caixinha. O cubo sai a partir de R$50. “Enquanto trabalho com as fotos, eu me emociono demais e muitas vezes não consigo pôr preço, porque me envolvo muito. Por isso meu preço é baixo, faço porque gosto e com carinho”, diz ela. Claudia pode desenvolver outros tamanhos de caixas, é só combinar com ela. “Imagine uma caixa grande, cheia de fotos do casal, e dentro uma garrafa de champanhe e duas taças?”, sugere ela.
Quem também entende de personalizar é Diney Possik, da Personalizados BR. Com ela, qualquer namorado, marido ou esposa vai ficar envaidecido com o presente. Ela faz almofada, colcha, lençol, fronha, manta, toalha de banho, nécessaire, mousepad, avental, quebra-cabeça, capa de agenda, luminária, tudo personalizado com a foto daquela viagem ou do casamento, ou várias fotos agrupadas – desde bebê até adulto. “O cliente vem com a idéia e eu desenvolvo, faço pesquisa, até ver o que dá para fazer”, diz ela, que sempre trabalhou com tecido.
“As bolsas são uma boa opção para dar de presente para elas”, garante Diney, que adora o que faz porque cada trabalho é único. Grandes, pequenas, com apenas uma foto ou várias, as bolsas ficam diferentes e supercharmosas.
Muitas mães e avós procuram seu serviço, mas para o Dia dos Namorados, os casais jovens se divertem inventando novidades.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA