Como evitar a gripe

0
1721

Foto:

Dr. José Ribamar C. Branco Filho

A gripe A está assustando
e as notícias de morte por causa dela se acumulam dia após dia.
Preocupam a facilidade de transmissão e as complicações que ela pode
gerar, com evolução rápida e grave.
A transmissão se dá através da
inalação dos vírus expelidos por pessoas infectadas, quando elas tossem
ou espirram. Em menor escala, o contágio se dá também quando alguém com
as mãos contaminadas entra em contato com superfícies ou objetos também
contaminados, que transfere o vírus para a mucosa da boca, do nariz ou
dos olhos.
Segundo o médico infectologista Dr. José Ribamar C.
Branco Filho, “essa gripe tem um grupo de risco que chama bastante
atenção, que é a mulher grávida. Não se sabe por quê. A gripe tem
evoluído de uma forma mais grave com pneumonia fatal, comprometendo a
criança e às vezes até a própria vida da gestante. É o grupo de risco
que hoje inspira maior cuidado”.
Para quem se sente amedrontado, o
médico aconselha: “Só deve ir ao pronto-socorro as pessoas que estão
com falta de ar grave, com dificuldade de respirar, que não conseguem
nem andar. São essas pessoas que precisam de atenção e não aqueles que
estão com dor de garganta, com coriza, com mal-estar, que a febre é de
um dia apenas”. E complementa: “Isso não se parece em nenhum momento
com a gripe espanhola, porque ela era uma gripe do século 19, onde não
existia UTI, não existia antibiótico, não existiam profissionais de
saúde treinados, não existia informação rápida. Hoje temos ferramentas
boas, comunicação, estrutura para atender o paciente grave mesmo, fazer
com que ele sobreviva”.
O médico lembra que “a mortalidade da
gripe nova atual ainda é baixa. Nessa primeira onda, ela não matou mais
do que mata a gripe comum, a gripe sazonal, que mata 70 mil pessoas por
ano no Brasil”.
A medida de proteção mais simples é evitar locais
com aglomeração de pessoas e contato com pessoas doentes, além de não
compartilhar alimentos, copos, talheres, toalhas e objetos de uso
pessoal. É bom lembrar que se deve lavar as mãos frequentemente com
água e sabão. Além de se alimentar corretamente, tomando café da manhã,
comendo muitas frutas, tomando muito líquido – o que ajuda bastante a
manter o corpo saudável.

Dr. José Ribamar C. Branco Filho
Hospital São Camilo
Rua Barão do Bananal, 1111
Telefone 3677-4474
www.saocamilo.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA