Em prol da saúde mental

0
1813

Desde 1977 em Perdizes, instituto oferece serviços, cursos e eventos voltados para as áreas de saúde mental, educação, filosofia e assistência social abertos à comunidade.

Com origem em 1933, na rua Caio Prado, região da Consolação, onde funcionava como clínica psicológica, o Instituto Sedes Sapientiae abriu suas portas em Perdizes efetivamente em 1977. Focado nas áreas de saúde mental, educação e filosofia, recentemente inaugurou seu núcleo de assistência social.

sede sapiente01-DPP-MAI-TGComo um centro multidisciplinar, o Instituto atualmente possui um quadro com cerca de 250 professores, 180 terapeutas e 40 funcionários administrativos, que desenvolvem seus trabalhos nos departamentos de arte terapia, psicanálise, formação em psicanálise, psicanálise da criança, psicodrama, psicopedagogia e Gestalt terapia; nos centros de filosofia, educação popular, educação de adultos e Centro de Referência às Vítimas de Violência, atende especificamente crianças e adolescentes; na clínica psicológica, atende em parte gratuitamente para quem os procura; nos 35 cursos de especialização, de aperfeiçoamento e mais de 30 de expansão; além do Núcleo da Assistência Social.

O Sedes Sapientiae é uma instituição sem fins lucrativos, autossustentável, que desenvolve seus trabalhos com recursos provenientes dos cursos, parcerias e outras fontes financiadoras. Sua sede em Perdizes possui 3.000 m2 de área e abriga 112 salas destinadas a cursos, conferências, reuniões, atendimento psicológico e serviço administrativo, além de anfiteatros, biblioteca aberta à comunidade e estacionamento.

Prestes a completar 40 anos de existência, oferece cursos livres variados. “O Sedes oferece certificados de conclusão dos cursos, que, embora não estejam dentro da regulamentação do Ministério da Educação e Cultura, são reconhecidos e pontuados por conta dos programas permanentemente atualizados pelas equipes de professores, pela legitimidade das propostas e pela forma de trabalhar com seus profissionais – majoritariamente professores pós-graduados. Há ainda os cursos de expansão, entre outros, abertos a quem se interessar”, destaca Maria Auxiliadora Arantes, psicóloga e analista, que faz parte da diretoria do Instituto.

Dalka Chaves de Almeida Ferrari, psicóloga, que também faz parte da diretoria colegiada (que tem seis membros) complementa dizendo que “além dos cursos, o Sedes, que é referência na Zona Oeste, acolhe os centros de educação popular, de alfabetização de adultos, filosofia, com cursos para alunos que querem se aprofundar em diferentes assuntos e a clínica, que começou a criar os núcleos de referência a partir da década de 1990 (psicose, Aids, etc.) e desde 1994 trabalha com crianças, adolescentes vítimas de abuso e violência e suas famílias. Outro projeto recente é o trabalho com vítimas da ditadura, além de atender adolescentes em conflito com a lei.”

O também diretor e economista Carlos Lichtsztejn finaliza dizendo que o Sedes tem uma área muito desenvolvida de prestação de serviços, do Centro, da clínica psicológica. “Atendemos uma média de 400 pessoas por mês, encaminhadas ou que nos procuram de forma espontânea.” (ND)

Instituto Sedes Sapientae

Rua Ministro Godoy, 1.484, Perdizes

Telefone 3866-2730

www.sedes.org.br

www.facebook.com/institutosedes/?ref=ts&fref=ts

Fotos: Tiago Gonçalves

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA