Pedalada retrô

0
1170

Foto:

Dragon Bike

Mistura de loja e oficina, a Dragon Bike tem vários modelos de bicicletas, com destaque para as charmosas retrôs.

As bicicletas (ou bikes, como preferem outros) estão ganhando mais adeptos a cada dia. Ciclofaixas como as que foram abertas pelas ruas da Zona Oeste trouxeram mais pessoas dispostas a tirar suas magrelas da garagem e ganhar as ruas, embora motoristas e ciclistas ainda necessitem de mais educação e respeito uns com os outros. Mas vamos chegar lá.

Fernando Fonseca, ciclista desde criança e dono da Dragon Bike, loja e oficina com mais de 18 anos de existência no bairro, conta que “depois da criação das ciclofaixas, muita gente passou a usar as bikes tanto para passear nos finais de semana e/ou como alternativa de transporte para o trabalho. Meu movimento de oficina e loja aumentou sensivelmente”.

Dono de uma bicicleta incrementada e com os recursos mais tecnológicos, Fernando afirma que faz uso da bicicleta sempre que pode. “Sinto que falta mais estacionamentos para elas, mas sempre que posso, vou de bike!”, diz com entusiasmo.

Sua loja tem variados modelos, mountain bike, de velocidade, contrapedal, com marcha ou sem. Mas as que chamam a atenção pelo estilo elegante são as retrôs. Inspiradas em modelos antigos, elas têm uma legião de fãs. Fernando, que monta e vende as retrôs, diz que “são voltadas mais para passeios. O desenho e suas curvas são os maiores atrativos e servem para qualquer pessoa, de qualquer idade e sexo”.

Uma delas, de boa qualidade e na maioria importada, sai por volta de mil reais. “Mas tem muita gente que traz a bicicleta antiga, geralmente foi do pai ou parente, para restaurar e poder sair para passear”, conta ele.

Além dos modelos retrôs, Fernando monta bikes especiais, como as choppers, que são únicas em seus detalhes, que as tornam peças únicas.

E para quem não tem companhia para pedalar, nas noites de terça e quinta, a partir das 20h30, Fernando e um grupo de ciclistas se reúne na frente da loja para passeios pela cidade. “Qualquer um pode participar, o roteiro vai depender da experiência de cada ciclista. Basta vir de bicicleta e com capacete para pedalar com a gente”, convida Fernando.

Dragon Bike
Rua João Ramalho, 1.441, Perdizes
Telefone 2679-0138 e 3676-1785
www.dragonbike.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA