Ser humano integral

0
1813

 

Profissional trabalha com a psicologia transpessoal, que cuida do paciente, observando os aspectos emocionais, físicos, mentais e espirituais.

Desde 1997, a psicóloga Cynthia Marsola oferece atendimento psicológico no bairro. Pós-graduada em cultura de paz, liderança e educação, atualmente está terminando outra pós. “Estudo psicologia transpessoal, na qual são abordados quatro pilares, que são: o emocional, o físico, o mental e o espiritual”, diz.

Cynthia conta que muitos dos pacientes que a procuram, chegam com depressão ou tristeza profunda. “A maioria das pessoas busca ajuda quando já não aguenta mais. Chegam com muita dúvida, com vazio existencial e não sabem bem por onde trilhar. Outras vêm com alguma queixa especifica, mas que, na verdade, é só um pano de fundo de problemas mais sérios. Outras ainda chegam, já tomando medicação psiquiátrica e, com o tempo, quando encontram algum significado para sua vida, diminuem e até param. Meu trabalho é ajudar o paciente a encontrar um sentido para sua vida com diferentes ferramentas terapêuticas (mandalas, meditação, florais, etc). Entretanto, sempre digo que a pessoa tem de estar disposta a também se ajudar”, explica.

A psicóloga acrescenta que trabalha muito com as sensações do paciente no momento da consulta. Por essa razão, as sessões são feitas em uma poltrona, com o paciente sentado, e não em um divã. “Utilizo o divã mais para fazer um relaxamento ou uma meditação no momento que um desconforto veio à tona, mais para a pessoa parar e refletir. Diferente da psicanálise, a psicologia transpessoal trabalha com a razão, com a emoção, com a sensação e com a intuição, enfim, com o que a pessoa está sentindo naquele momento. Se a pessoa estiver deitada e, principalmente, com os olhos fechados, ela pode migrar para outro nível de consciência. E não é o caso porque o que eu quero é que o meu paciente esteja presente, consciente de quem ele é no agora.”

Além de atender em consultório, Cynthia, como idealizadora e coordenadora do Projeto Social Escutar Falar, atende também grupos gratuitamente, uma vez ao mês, no Parque da Água Branca. Os atendimentos acontecem sempre aos domingos, das 10 às 12h. Os interessados podem se informar no site do projeto quais serão os próximos encontros. (ND)

Cynthia Marsola. Tels.: 97219-6644 e 96638-6456.
www.projetoescutarfalar.blogspot.com
conscienciaintegral.blogspot.com.br

Foto: Tiago Gonçalves

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA