Concentração e|disciplina

0
2105

Foto:

Crianças praticando o wushu

Arte marcial criada na China há cerca de 3 mil anos, o kung fu é um esporte onde a disciplina e a concentração são elementos essenciais. Praticado por adultos e cada vez mais por crianças.

Aberta em novembro na Pompeia, a Academia Sino Brasileira de Kung Fu – Hon Kit Wushu, é a primeira filial da academia fundada em 1973 pelo grão-mestre Chan Kowk Wai, um dos introdutores da modalidade no Brasil, que formou centenas de professores e um dos quatro mestres do mundo que tem o grau 10 em kung fu.

Filho e discípulo do mestre Chan, o professor Thomaz Chan Hon Kit, o responsável pela academia da Pompeia , desde 1990 ensina os vários estilos de kung fu wushu todos baseados no estilo Shaolin do Norte.

Recentemente, atletas da academia participaram e venceram em todas as categorias o Campeonato Sul Americano de Kung Fu realizado em Punta Del Este, no Uruguai.

Esporte baseado nas artes marciais chinesas tradicionais, o kung fu/wushu é muito popular na China desde os anos 1950. O wushu, que tem origem no kung fu, é um esporte de alto rendimento, e tem ênfase no exercício físico e na defesa pessoal.

Nos Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim, participou como esporte de demonstração. E quem sabe em 2016, no Rio de Janeiro, possa estrear como modalidade olímpica.

Segundo Maria Paula Teixeira, que pratica o kung fu desde 1983 e administra da academia da Pompeia, “os pais procuram nossa academia para matricular seus filhos em busca da disciplina e da concentração que o esporte proporciona. Muitos meninos, depois de um tempo de prática, ficam mais calmos e mais concentrados na sala de aula”, afirma ela. “A criança precisa de concentração para executar a sequência dos movimentos”, completa.

O taolu, que é a rotina de movimentos sem um adversário real é o que as crianças praticam na academia. As aulas acontecem duas vezes por semana, no período da manhã ou a tarde e duram em média 1h10.

Até algumas mães praticam a arte marcial junto com os filhos. O kung fu/wushu não tem limite de idade para ser praticado. As crianças que praticam esse esporte têm a seu favor a elasticidade e flexibilidade que falta à maioria dos adultos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA