Aqui a viola fala mais alto

0
1179

Foto:

Aqui a viola fala mais alto

A música sertaneja ou música caipira, como preferem alguns, tem espaço cativo no Parque da Água Branca nos finais de semana, das 14 às 22 horas. 
Músicas com letras inspiradas na vida do interior, amores e histórias ganharam fama graças a duplas como Tonico e Tinoco, Pena Branca e Xavantinho, Irmãs Galvão, passando por Leandro e Leonardo, Chitãozinho e Xororó e hoje sucesso com Fernando e Sorocaba, Luan Santana, Paula Fernandes e outros mais.
Participam desses encontros musicais músicos amadores e alguns profissionais. Contam os frequentadores mais assíduos que a cantora Ângela Maria já esteve ali dando uma canja.
Entre os assíduos frequentadores está o aposentado José Roberto Chaves, que vem da zona leste com seu violão para tocar e ouvir os amigos. “Gosto de sertanejo e desde 2009 venho aqui tocar e cantar. É divertido e volto aos tempos de criança em Nuporanga (SP), onde nasci”. Sua amiga e violonista, Shirley Rocha, também faz o mesmo programa nos fins de semana. “Aqui todo mundo pode tocar e participar das rodas”, diz.
Circulando pelas rodas que se formam, ouve-se “Fio de Cabelo”, “O menino da porteira”, “Chalana”, e outras menos populares. Segundo os frequentadores, o clássico “Chico Mineiro”, de Tinoco e Francisco Ribeiro é a música mais tocada e cantada, e  fez sucesso com Tonico e Tinoco.O espaço é democrático e todos têm vez e voz. O alagoano Alex Leone, “a voz de ouro do Brasil”, como se apresenta, vive da música e vem aqui para cantar e aproveita para vender por R$ 10 o seu mais recente CD. “Quando não tenho shows agendados, venho até aqui para cantar e divulgar meu trabalho”, diz durante a troca das cordas de seu violão.
Para o clima do interior ficar completo, quem aparece para curtir o sertanejo, tem na Casa do Caboclo, construção feita em pau-a-pique e com fogão de lenha, oportunidade de saborear deliciosos bolos como o de milho e de mandioca, além dos imperdíveis bolinhos de chuva vendidos em porções com três unidades a R$ 2,50. Para acompanhar, café de coador ou chá feitos na hora.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA