Capricho artesanal

0
2091

Foto:

Telma Monteiro Atelier de Alta Costura

Com muita habilidade, estilista transforma tecidos em peças de arte exclusivas e personalizadas.

Com um currículo pra lá de recheado, a estilista Telma Monteiro está desde 1985 no bairro de Perdizes com seu ateliê de alta costura e já vestiu inúmeras estrelas, celebridades e personalidades, como Regina Duarte, Ana Maria Braga e Ruth Cardoso, entre outras. Ela conta que antes era sócia de Regina Duarte, com o ateliê La Duarte, mas que em 1985 preferiu seguir em carreira solo, com trabalho focado em vestidos de noivas, madrinhas, debutantes e daminhas.

Com estilo único, transforma peças em verdadeiras obras de arte, com o talento que adquiriu de seus antepassados. “Eu sou neta de um famoso alfaiate de Pernambuco, que fazia roupas para governantes e autoridades, e fui aprendendo o ofício e o amor pela profissão com ele”, revela Telma.

A peça começa a ser desenhada assim que Telma olha, com seu olhar apurado, para a cliente. “Eu observo, focalizo o que a pessoa tem de mais bonito. Vejo os quadris, busto, colo, qual a cor que combina mais com a sua pele, com seu estilo e projeto a roupa sob medida, procurando favorecer os seus pontos mais fortes. Assim que a pessoa se vê numa roupa assim, que cabe direitinho no seu corpo, dificilmente ela vai querer outra, feita de forma industrializada, com medidas aleatórias”, diz.

Telma acrescenta que finaliza o desenho em dois ou três dias e que borda pedaços de tecido para mostrar para as clientes. Assim que obtém a aprovação do desenho e do bordado, ela inicia a confecção da peça. “Levo de dois a três meses para terminar um vestido de noiva, por exemplo. Embora já tenha reformado peças em pouco mais de uma semana, eu procuro pedir um tempo maior para confeccionar, pois sou muito ansiosa, perfeccionista e enquanto não termino o que tenho de fazer, não consigo nem dormir direito, pois quero entregar o melhor trabalho possível.”

Além de vestidos finos, Telma ainda forra sapatos e bolsas exclusivas, além de fazer reparo e customização em roupas usadas.

A estilista declara que o seu maior prazer é saber que alguém foi elogiado por usar as roupas que ela confeccionou. “Quando sei que alguém fez sucesso, que foi elogiada por estar vestida com algo que projetei, eu até choro de emoção. Quando damos a nossa excelência para outra pessoa, temos essa troca maravilhosa, que é uma satisfação perene no coração”, finaliza.

Telma Monteiro Atelier de Alta Costura
Rua Itapicuru, 698, Perdizes
Telefone 3673-1905
www.telmamonteiro.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA