O trabalho continua

0
1224

Foto:

O trabalho continua

Entidade Nosso Sonho fecha o ano com reconhecimento da sociedade civil.

Sempre com o objetivo de desenvolver projetos para a inclusão das pessoas com deficiência na sociedade, a Associação Nosso Sonho de Reabilitação e Integração de Pessoas com Deficiência – A.NO.S, completa mais um ano não só com o reconhecimento de pais e parentes de pessoas atendidas no local, mas também de autoridades da sociedade civil.

Em abril, a entidade recebeu a visita da primeira-dama do município de São Paulo, Ana Stela Haddad, que contou também com as presenças da secretária da Assistência Social, Luciana Temer, e da secretária da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Marianne Pinotti. “Elas estiveram no local para conhecer a Associação. Fomos reconhecidos pelo ineditismo do trabalho e pela garra da equipe de não esmorecer e, sim, acreditar sempre. Esse reconhecimento foi para nós um benefício”, pontua a gerente executiva, Suely Katz.

Outra visita importante foi Carol Célico (esposa do jogador Kaká), que acaba de lançar o portal www.carolcelico.com/fundacao-amor-horizontal/. O objetivo é facilitar o acesso de doadores a projetos sociais. O projeto é sustentado pelas ações de doação on-line no site da Fundação Amor Horizontal. De acordo com informações no próprio portal, por meio de condições especiais oferecidas pelas empresas parceiras, os doadores podem escolher a instituição que querem ajudar. Após efetivar a doação, acompanham pelo site o andamento e a entrega dos produtos no projeto social escolhido. “A Associação Nosso Sonho foi uma das escolhidas”, informa Suely.

A Associação desenvolve projetos, como o serviço de colocação de pessoas com deficiências no mercado de trabalho. Nessa ação, a entidade mantém um banco de currículos de profissionais treinados e selecionados de acordo com as necessidades de cada função. A Nosso Sonho organiza ainda oficinas de dança, artes plásticas e projetos culturais. No trabalho de ateliê, os alunos realizam atividades artísticas, como pinturas, desenho, colagem, composição, etc. Entre as atividades está também a produção de cartões que são colocados à venda e podem ser adquiridos na própria entidade, no Havanna Café – Rua Bela Cintra, 1.829, e nos principais shoppings. A renda é destinada à manutenção do ateliê e para os aprendizes. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA